Mia (single)

Inspirada pela obra de Mia Couto, principalmente pelos contos do livro Vozes Anoitecidas, "Mia" foi a música escolhida por Thiago Righi para ser o primeiro single de seu novo álbum, Contos Insulares. 

No mesmo sentido da obra de Mia Couto, as composições de Righi indagam sobre e exploram os laços possíveis e as relações existentes entre registros orais, escritos, e, neste caso, sonoros.

"Mia" é também um excelente exemplo do diálogo que a música de Thiago Righi procura estabelecer com a Literatura e o quanto esta influencia e permeia sua obra, seu repertório, sua maneira de conceber e interpretar a música instrumental.

Assim como nos contos de Vozes Anoitecidas, na paisagem sonora de "Mia" há algo de fantasioso, de onírico, de ser um alento e uma voz de esperança frente aos infortúnios, privações e contra-roteiros que a vida nos apresenta.

É uma música de esperança, daqueles e para aqueles que, assim como Jossias (um dos personagens de Vozes Anoitecidas), preferem acreditar no sonho. E em dias melhores!

Aprendendo a ser só

“Estou muito contente de poder falar sobre este CD do Thiago Righi, jovem e talentoso guitarrista e compositor. Composições muito bem desenvolvidas harmônica, melódica e ritmicamente, cercado de jovens músicos como ele talentosos e da linha de frente desta geração.”

Nenê

Thiago Righi - composições, arranjos, guitarra, violão 7 cordas, bandolim, cavaquinho

Raphael Ferreira - saxofones, flauta

Hercules Gomes - Fender Rhodes, piano

Filipe Marostica - contrabaixo elétrico

Rodrigo "Digão" Braz - bateria, pandeiro, percussão

Músicos Convidados:

Andrea dos Guimarães - voz

Rayraí Galvão - gaita cromática

Gustavo Sarzi - sanfona

Everton Silva - percussão

Participação Especial:

André Marques - solo de escaleta em "Terceira Margem do Rio"

Aprendendo a ser só -
00:00 / 00:00
Jovem há mais tempo -
00:00 / 00:00
Macondo -
00:00 / 00:00
Luciana chegou -
00:00 / 00:00
Sarutaiá -
00:00 / 00:00
Pra você não chorar -
00:00 / 00:00

Cafuá (EP)

Thiago Righi - composições, arranjos, guitarra

Guilherme Chiappetta - contrabaixo elétrico, produção musical

Júlio Astral - djembê

 

Músicos Convidados:

Geh Paes - trombone

Samuel Ramos - saxofones 

Três Pedras e um Gigante -
00:00 / 00:00
Cafuchi -
00:00 / 00:00
Aiélo -
00:00 / 00:00
Vai lá Naná -
00:00 / 00:00

Amanajé

"A primeira coisa que se nota neste trabalho é a beleza das composições. Depois percebe-se a produção cuidadosa e a coesão das músicas, e só então lembramos que é uma banda tocando, e não um único organismo gerando música."

Revista Modern Drummer

Amanajé

Raphael Ferreira - composições, saxofones, flauta

Thiago Righi - composições, guitarra, cavaquinho

Hercules Gomes - composições, Fender Rhodes, piano, sanfona

Rodrigo Pinheiro - composições, contrabaixos elétrico e acústico, guitarra

Tiago Domingues - bateria, percussão

Participações Especiais:

Arriscar do Espírito Santo

Sandro Haick

Michel Leme

Pra Moçada -
00:00 / 00:00
Segunda Sombra -
00:00 / 00:00
Virou Lenda -
00:00 / 00:00

Righi & Pontet (EP)

Thiago Righi - composições, guitarra, violão

Thibaud Pontet - composições, bateria

Hercules Gomes - Fender Rhodes

André "Deco" Telles - contrabaixo elétrico

Carpe Noctem -
00:00 / 00:00
Bossa Sans Nom -
00:00 / 00:00
Présence -
00:00 / 00:00

© 2020 -  por Thiago Righi. Todos os direitos reservados.